Tel: 11 5579-3338 / 5571-1736

  • Rua Pelotas, 358

    Vila Mariana - São Paulo - SP

  • Clínica - CROSP 15302
    Responsável Técnico:
    Prof. Dr. Francisco Octávio Teixeira Pacca CROSP 49759

  • Endereço

    Rua Pelotas, 358
    Vila Mariana - São Paulo - SP

  • Telefone

    11 5579-3338 / 5571-1736

  • Email

    pacca@diagnosticobucal.com.br

© 2020. Instituto do Sorriso. Todos os direitos reservados.

Os traumas em face normalmente são ocasionados por quedas, acidentes automobilísticos, acidentes esportivos ou agressões.Sua incidência é maior em jovens e seus efeitos dependem da energia, vetor de impacto e duração do trauma, podendo causar ferimentos leves no tecido mole e dentes, até fraturas nos ossos da face.

Os principais sinais e sintomas de fraturas de ossos da face são:

     – dor

     – edema (inchaço)

     – manchas roxas ou avermelhadas na pele

     – mobilidade dentária

     – dificuldade para abrir e fechar a boca

     – visão dupla

     – dificuldade respiratória

     – alteração na oclusão dos dentes

As fraturas faciais podem ser tratadas cirurgicamente, com a utilização de placas e parafusos de titânio ou absorvíveis – Fixação Interna Rígida – , ou dependendo do caso, apenas por observação e acompanhamento radiográfico.

Quando as fraturas não são tratadas adequadamente,podem ocorrer complicações como infecção, dor crônica, alteração da mordida com dificuldades na mastigação, visão dupla permanente. Por isso o diagnóstico precoce e o tratamento adequado feitos por um Cirurgião Buco Maxilofacial são de fundamental importância.

Os traumas em face normalmente são ocasionados por quedas, acidentes automobilísticos, acidentes esportivos ou agressões.Sua incidência é maior em jovens e seus efeitos dependem da energia, vetor de impacto e duração do trauma, podendo causar ferimentos leves no tecido mole e dentes, até fraturas nos ossos da face.

Os principais sinais e sintomas de fraturas de ossos da face são:

     – dor

     – edema (inchaço)

     – manchas roxas ou avermelhadas na pele

     – mobilidade dentária

     – dificuldade para abrir e fechar a boca

     – visão dupla

     – dificuldade respiratória

     – alteração na oclusão dos dentes

As fraturas faciais podem ser tratadas cirurgicamente, com a utilização de placas e parafusos de titânio ou absorvíveis – Fixação Interna Rígida – , ou dependendo do caso, apenas por observação e acompanhamento radiográfico.

Quando as fraturas não são tratadas adequadamente,podem ocorrer complicações como infecção, dor crônica, alteração da mordida com dificuldades na mastigação, visão dupla permanente. Por isso o diagnóstico precoce e o tratamento adequado feitos por um Cirurgião Buco Maxilofacial são de fundamental importância.