Nós Cuidamos

do seu sorriso!!!

Novidades

Preenchimento Facial e Gengival
(Ácido Hialurônico)


A exposição solar, a fumaça e até mesmo o estresse causam uma agressão e consequentemente o envelhecimento precoce da pele com aparecimento de rugas e linhas de expressão. Atualmente, o ácido hialurônico é a substância que apresenta os melhores resultados para corrigir essas linhas e sinais que tanto prejudicam a estética facial.

O Preenchimento com ácido hialurônico é extremamente seguro, pois é um componente próprio do organismo. O mecanismo de ação dessa substância, funciona atraindo moléculas de água da própria pele (proporcinando uma hidratação) e induzindo a formação de colágeno que é a principal proteína de sustentação dos tecidos.

A técnica de utilização do ácido hialurônico é indicada para preencher rugas, sulco-nasogeniano (bigode chinês), sulcos perilabiais (código de barras), diminuir marcas de cicatrizes, sulcos faciais, como também aumentar volume e contorno dos lábios.

Outro recurso muito interessante, é o preenchimento realizado nas papilas gengivais estimulando o crescimento gengival e completando áreas com blackspace (ponto sem recobrimento gengival entre dentes) ou ao redor de implantes.

É importante lembrar, que algumas contra indicações são descritas na literatura: pacientes com herpes ativos, lactantes, gestantes e pessoas com doenças autoimunes.

Aplicação de Toxina Botulínica

A uso da toxina Botulínica vem sendo cada vez mais estudada pela área médica e odontológica. Sua indicação proporciona benefícios estéticos, funcionais e terapêuticos.

Pode ser utilizada em tratamento de bruxismo, ranger de dentes, apertamento dos maxilares, sorriso gengival, sorriso invertido, disfunções da Articulação Têmporo Mandibular, atenuação de linhas de expressão facial, dores orofaciais, cefaleias etc.

A toxina botulínica é uma proteína/protease produzida por uma bactéria anaróbia chamada Clostridium botulínica. Esse microorganismo, produz vários tipos de toxina, sendo que a mais potente é a toxina botulínica tipo A (BTX-A).

A toxina age nos terminais nervosos celulares bloqueando a liberação de acetil-colina, e assim diminuindo a ação de contração muscular. Devido a pequena quantidade de toxina injetada e da ação estritamente local, o resultado é de modulação da força de contração e não de paralisia muscular. O resultado final é obtido entre 10 e 14 dias após a aplicação e o efeito e durabilidade do tratamento é de aproximadamente 6 meses.

Juridicamente, a utilização da toxina botulínica para a odontologia está amparada na resolução do Conselho Profissional nº 176, de 6 de setembro de 2016, permitido aplicação e uso estético e terapêutico por dentistas após a realização de um curso regulamentado.



Rua Pelotas, 358 - Vila Mariana - São Paulo - SP - Tel: 11 5571-1736 / 5579-3338

© 2017. Instituto do Sorriso. Todos os direitos reservados.

by contactonet